compre holistix
k

Do clássico ao best-seller da vez, leituras que fazem boa companhia na travessia de tempos difíceis 

leitura-autoconhecimento-holistix
@carolinalazari

Parece outra vida, mas houve um tempo em que a gente curava um desamor tomando meia dúzia de drinks e se jogando nos braços de alguém (que mal sabíamos o nome) ao som de “A Luz de Tieta”, de Caetano Veloso. Tempo em que a gente comprava uma passagem pra se distrair do estresse do trabalho ou de uma discussão com a família. Ou simplesmente marcava um jantar por dia pra jogar conversa fora com amigos e não pensar em qualquer desconforto da vida. 

A dobradinha pandêmica 2020/2021 jogou todas as possibilidades no lixo e fez com que – olha só! – a gente realmente tivesse que lidar com todas as nossas questões sem válvulas de escape ou distrações. Nesse mergulho profundo e muito difícil, passamos a nos deparar com traumas do passado, sensações novas e a sentir tudo. O que, no fim das contas, é verdadeiramente positivo, já que do que a gente foge vem à tona em algum momento (sempre maior e de um jeito mais complexo). 

Mas não tem como negar que o processo é difícil. Ainda mais em um Brasil que não nos ajuda a ser feliz. E nesse 1 ano e meio em que estamos sozinhas em casa, com tudo fervilhando dentro, encontramos leituras que ajudaram no processo de autoconhecimento e, consequentemente, amor-próprio. Porque o relacionamento mais importante que existe é esse. A seguir, nossas leituras salvadoras para (os últimos) tempos sombrios. 

Os quatros compromissos – Don Miguel Ruiz

‘O livro da Filosofia Tolteca’ é curtinho, com 110 páginas, e é praticamente um clássico para quem está em busca do autoconhecimento. De forma muito simples e didática, o autor apresenta 4 premissas de desenvolvimento e liberdade pessoal: “Seja impecável com sua palavra”, “Não leve nada para o lado pessoal”, “Não tire conclusões” e “Dê sempre o melhor de si.” Para ler várias vezes na vida. 

Indomável – Glennon Doyle

O livro do momento – temos certeza de que você já viu ele no feed do Instagram! – fala de uma história feminina de transformação. A autora se depara com a insatisfação em relação a sua vida e finalmente resolve dizer chega. Para quem está lendo, rola uma forte identificação sobre a posição em que a sociedade nos coloca como mulher, de “termos que ser” boas em tudo, e nos faz repensar vontades e caminhos. 

Como fazer amigos e influenciar pessoas – Dale Carnegie

Apesar do título, garantimos que a obra é maravilhosa e vale cada página. É um superguia para se relacionar com pessoas no âmbito pessoal e profissional. Porque uma boa comunicação é um princípio fundamental para alcançar objetivos (independente de quais sejam). E nós, por aqui, acreditamos mesmo que se relacionar faz bem para a saúde mental e física (alô, ocitocina!). 

Mindset – Carol S. Dwek

Queridinho do time da Holistix, o best-seller explica como duas formas de pensar identificadas nos seres humanos são responsáveis pelo nosso sucesso ou fracasso. A professora de psicologia na Universidade Stanford conta, com exemplos nítidos, como devemos nos condicionar à dedicação e ao esforço – e não apenas ao talento – enquanto exercemos uma atividade. Você vai passar a achar que pode fazer tudo – e pode mesmo!

A coragem de ser imperfeito – Brené Brown 

A rainha do assunto ‘vulnerabilidade’, com um dos TEDs mais vistos da história, conta como se expor e se abrir para coisas novas é o caminho para uma vida mais feliz e realizada. E como pode ser libertador ousar e passar por cima de medos e vergonhas. Uma nova forma de viver melhor e se relacionar. Spoiler: colocar em prática é realmente um caminho sem volta. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.