compre holistix
k

Quem nunca recorreu a um cafezinho, cápsulas de guaraná ou um chocolatinho para ficar mais desperto que atire a primeira pedra. Fato é que, se livrar da sonolência, é um hábito recorrente e a aliada número um dessa peripécia costuma ser a cafeína. Vem ver como ela age no organismo:

Às vezes, a rotina pede reforços e, quando precisamos dar aquele boost na energia para dar conta das tarefas do dia, o cafezinho é uma das soluções mais rápidas que a gente consegue pensar. 

Mas a cafeína tem suas dores e suas delícias, precisamos te avisar. Ela age no nosso organismo provocando um pico e, depois, uma queda brusca de energia – que a “derruba” para um nível ainda mais baixo do que o estado em que estávamos antes de consumi-la. 

Ajuda ou atrapalha? 

A cafeína é encontrada naturalmente nos grãos de café, folhas de chá, sementes de cacau e no guaraná.

Ela não possui valor nutricional, mas produz vários efeitos no organismo, que podem ser benéficos ou não – dependendo da dose, frequência de uso e da sensibilidade de cada pessoa.

Estímulo do sistema nervoso central

A cafeína bloqueia os receptores de adenosina, molécula liberada no nosso cérebro ao longo do dia e avisa que o corpo está cansado. Por isso, ela inibe temporariamente a sonolência, mantendo nosso corpo em estado alerta.

Efeitos positivos

A cafeína é absorvida e eliminada rapidamente pelo nosso organismo – o pico do seu efeito acontece, em média, 1 hora após o consumo. Alguns efeitos positivos são:

  • Aumento do estado de alerta e foco
  • Redução da sensação de cansaço
  • Melhora de desempenho em atividades físicas
  • Metabolismo acelerado



Eu ouvi… efeitos colaterais da cafeína? 

O efeito da cafeína varia de pessoa para pessoa e conforme a frequência de consumo. Quando ingerida em excesso ou por quem é mais sensível à essa substância, ela pode causar alguns efeitos colaterais como:

  • Aumento da ansiedade
  • Taquicardia
  • Tremores
  • Insônia

Socorro! Preciso parar de consumir cafeína?

Não é bem assim! Entender como ela funciona e quais os efeitos no nosso organismo são os primeiros passos para um consumo consciente.

Vale perceber os efeitos no seu corpo e lembrar que existem outras alternativas ao consumo do café. Alguns chás como o matcha, chá verde e chá branco, possuem cafeína em menor quantidade, que pela combinação com outras substâncias, acaba sendo metabolizada mais lentamente pelo corpo e não causam picos, seguidos de vales, de energia.



Ninguém conhece seu corpo melhor do que você

Vale lembrar que cada organismo é único e que os efeitos das substâncias variam de pessoa para pessoa. Na dúvida, converse com o profissional de saúde que te acompanha.

Por que o Matcha Puro é um bom substituto para o café?

O Matcha possui L-teanina, um aminoácido que prolonga a absorção da cafeína (que é encontrada nele em menores quantidades). Isso faz com que a gente não tenha um pico de energia, mas sim um aumento gradual dela, trazendo estabilidade e foco prolongado. Fora isso, ele ainda é um superalimento rico em antioxidantes.

É por isso que a gente não pensa duas vezes antes de escolher nosso aliado. Vem com a gente: tem Matcha Puro disponível aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.