compre holistix
k

Com o declínio natural dos hormônios reprodutivos, muita coisa muda na vida de pessoas que menstruam. Aqui, reunimos quais alimentos são indicados para quem está entrando nessa fase

Ondas de calor, pele seca, aumento no risco de osteoporose, diminuição do metabolismo e, com isso, risco de doenças metabólicas e cardiovasculares. As mudanças acarretadas pela menopausa podem se tornar motivo de estresse e ansiedade. Por isso e, claro, para passar por esse momento da maneira mais branda possível, manter uma alimentação nutritiva e rica em vitaminas e minerais pode fazer toda a diferença na manutenção do bem-estar físico e emocional.

Para te ajudar nesse processo de novo entendimento de si mesma, fizemos uma lista do que buscar nos alimentos daqui em diante.

1. Fitoestrogênios

Têm composição semelhante aos estrógenos humanos e, por isso, seu consumo pode ajudar a aliviar alguns sintomas de menopausa, como a sudorese noturna, a irritabilidade e as ondas de calor, já que regulam os níveis de estrogênio no organismo. 

Onde encontrar: sementes de linhaça, soja, sementes de gergelim, húmus, alho, alfafa, pistache, sementes de girassol, ameixas e amêndoas. 

Além deles, vale o destaque para a Maca Peruana, nosso superalimento funcional e rico em antioxidante. De acordo com estudos realizados por cientistas das Universidade de Osaka e NCBI (National Center for Biotchenology Information), a maca, quando incorporada à alimentação do dia a dia, pode aumentar significativamente a produção de estrógeno, melhorar os marcadores de densidade óssea, minimizar quadros de suor noturno, entre outros benefícios.

2. Vitamina C

Ajuda a fortalecer o sistema imune, além de ter benefícios para a pele, uma vez que facilita a cicatrização e permite a absorção de colágeno no organismo, que é uma proteína que garante a estrutura, firmeza e elasticidade da pele.

Onde encontrar: kiwi, morango, laranja, pimentão, mamão, goiaba, melão, tangerina.

3. Vitamina E

Ajuda a melhorar a saúde da pele, evitando o envelhecimento prematuro e o surgimento de rugas e também mantendo a integridade das fibras do cabelo, favorecendo a sua hidratação. Além disso, por causa da sua ação antioxidante pode prevenir o surgimento de doenças neurológicas, como o Alzheimer.

Onde encontrar: sementes de girassol, amendoim, castanha do Pará, nozes, manga, frutos do mar, abacate e azeite de oliva.

4. Ômega 3

Alimentos ricos nesse tipo de gordura possuem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, sendo excelente para combater doenças como artrite, por exemplo. Além disso, favorecem a saúde do coração, pois ajuda a diminuir o colesterol LDL, e aumentar o HD.

Onde encontrar: atum, salmão, sementes e óleo de linhaça, sardinha e nozes.

5. Cálcio e vitamina D

São nutrientes essenciais para a saúde dos dentes e dos ossos, prevenindo o desenvolvimento de osteoporose, que são doenças comuns durante e depois da menopausa devido à diminuição dos estrogênios.

Onde encontrar: leite desnatado, iogurte natural, queijo branco ou baixo em gordura, amêndoas, manjericão, agrião, sementes de linhaça e brócolis. No caso da vitamina D, alguns alimentos são salmão, iogurtes, sardinhas e ostras.

6. Fibras

Importantes não só para regular o trânsito intestinal e evitar problemas como prisão de ventre, mas também para evitar o aumento do colesterol, controlar os níveis de açúcar no sangue e promover a sensação de saciedade.

Onde encontrar: abóbora, aveia, farelo de trigo, feijão, grão de bico, lentilha, frutos secos, arroz, macarrão e pão integral.

7. Triptofano

É um aminoácido essencial que não é sintetizado pelo organismo e que participa da produção de serotonina, melatonina e niacina, ajudando a melhorar o ânimo e aumentando a sensação de bem estar.
Onde encontrar: banana, brócolis, nozes, castanha, amêndoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.