compre holistix
k

Ansiedade, traumas passados, insegurança, baixa auto-estima e falta de conhecimento sobre o próprio corpo… Essas são só algumas possíveis razões pelas quais você ainda não conseguiu chegar lá.

Vamos vencer esse bloqueio – e tabu – juntas?

Muito além da questão sexual, atingir o orgasmo é também questão de saúde mental e o baixo estímulo à masturbação feminina (uma prática saudável e normal) faz com que muitas mulheres não saibam ao certo o que aciona o seu prazer.


Por isso, separamos algumas das nossas dicas de como atingir o orgasmo e se livrar de vez dessas amarras da sociedade.

  1. Seduza-se!

Assim como no sexo a dois, o sexo solo também se beneficia de um climinha envolvente. Desfrutar de si mesma e do seu próprio processo é um passo e tanto para o amor próprio. Então, comece relaxando o corpo com um banho quente. Coloque uma playlist sensual e se cubra de carícia.

  1. Estimule o olfato

Com o corpo já relaxado. Passe o Óleo Desejar em frente ao espelho e perceba que o prazer pode ser experimentado por múltiplos pontos de contato – pelo cheiro, pelo olhar, pelo toque…

  1. Prepare o ambiente

Troque a roupa de cama, vista sua roupa íntima preferida, baixe a luz do quarto, acenda umas velas… E respire. A respiração profunda contribui para o relaxamento e para que você se sinta mais presente naquele momento.

  1. Hora das preliminares

Quem já esteve numa relação a dois sabe o quanto as preliminares fazem toda a diferença para estimular o corpo e ganhar lubrificação. Na masturbação, não é diferente. Através do toque, explore os mamilos, a região atrás das orelhas, escorrega pela barriga, alise suavemente a parte externa da vulva… E, se gostar de variar nos estímulos, experimente brincar com choques de temperatura. Um gelinho pode fazer a diferença nesse momento. E, ah, observe como seu corpo reage a cada carícia. Onde arrepios, fique um tempinho maior e intensifique os movimentos. Você está traçando seu próprio mapa da mina do prazer.

  1. Abra espaço para os brinquedinhos sexuais

Ainda que os dedos sejam ferramentas poderosas no estímulo genital, alguns sex toys são super bem-vindos na jornada do orgasmo. E aqui, não estamos falando necessariamente de penetração, viu? É possível chegar lá explorando toda a potência do clitóris (órgão sexual projetado exclusivamente para o prazer) com a ajuda de um sugador clitoriano. Ele simula os movimentos do sexo oral. Para quem está buscando o primeiro orgasmo solo, é surpreendente perceber o quanto as áreas externas do nosso corpo são um prato cheio.

Brinque com as diferentes pulsações e vibrações e observe seu corpo atingir uma sensação latejante de calor e de prazer. Ao atingir o clímax, os músculos da vulva passam a contrair repetidamente, nosso coração acelera e a respiração se torna mais intensa.

  1. Desfrute: O prazer é (todo) seu!

A maturbação e o sexo solo são ferramentas legítimas de autocuidado e bem-estar sexual. E à medida que se tornam frequentes, fica ainda mais gostoso atingir o orgasmo também acompanhada.


Reconheça que o prazer sexual é uma necessidade humana, é o primeiro passo para se libertar da vergonha. Se masturbar faz bem pra saúde.

Dica extra!

Para entrar no clima de um jeito ainda mais envolvente, a Maca Peruana é um aliado e tanto. Conhecida por ser um estimulante sexual natural, ela age diretamente no hipotálamo e na supra renal, o que confere aumento da libido. O segredo é consumir regularmente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.