compre holistix
k

Não é nada simples desprender-se de velhos hábitos (bons ou não) e começar uma nova rotina. Para além do segunda-feira eu faço, agora, também, nossas metas ficaram para 2022, não é?

Vamos aos fatos: goste você ou não, nosso cérebro gosta de rotina. Quem diz isso é a neurociência e você pode perceber que isso é verdade só de reparar que sempre começa a se ensaboar pelo mesmo lugar na hora do banho.

Mas outra coisa que você também precisa saber é que nosso corpo adora pregar peças na gente. Você também pode perceber isso quando, de ressaca, você tem vontade de comer comidas menos saudáveis, como fast food, por exemplo. Uma comida gordurosa é tudo o que você menos precisa para se recuperar, mas de certa maneira, seu cérebro faz esse tipo de comida parecer a mais apetitosa do mundo.

Além disso, é importante dizer: nossa mente não consegue diferenciar vícios de bons hábitos – e talvez seja por isso que é tão difícil mudar a rotina. A boa notícia é que esta é outra pegadinha do nosso cérebro: a gente complica a ideia de uma rotina saudável (e ela pode ser muito mais simples e prazerosa do que se imagina).

Vamos nos reprogramar? Entenda a neuroplasticidade

A neuroplasticidade é a capacidade de aprendizagem do nosso cérebro, quando mesmo depois de completamente desenvolvido ele consegue se reprogramar mediante novos estímulos. Isso quer dizer que para começar uma nova rotina, basta querer começar: nosso corpo felizmente nos acompanhará em qualquer novo hábito desde que a gente se comprometa.

A receita perfeita de uma nova rotina é o combo prazer e consistência. Não adianta você começar a fazer crossfit se você detesta crossfit, por exemplo. Se a meta é começar um exercício físico, por que não buscar outras alternativas? Pilates, musculação e corrida são exemplos possíveis. 

A consistência importa, também, porque nosso cérebro aprende quando repetimos padrões. Funciona assim com a matemática: a gente só aprende a lógica de um exercício quando nos deparamos com diversos exemplos e praticamos bastante, não é verdade? 

Na hora de começar uma nova rotina, ficamos um pouco resistentes porque tudo o que foge do padrão que nossa mente considera normal e seguro, tendemos a evitar. Afinal, quando estamos diante de novos hábitos e novas situações, nosso cérebro precisa trabalhar muito mais e fazer escolhas – algo que nos custa muita energia. Que tal, então, facilitar esse trabalho para si? 

Procrastinar uma rotina “ideal” ou começar uma rotina possível? 

A dieta, uma rotina de exercícios, alguns minutos de meditação… tudo isso são exemplos de hábitos que deixamos para a segunda-feira. Mas pense bem: qual a diferença entre começar ainda hoje, numa quarta-feira ou um domingo qualquer? O importante é colocar em prática – e, para isso, é preciso muita força de vontade.

O mesmo argumento vale para as resoluções de ano novo: você também pode começar a trabalhar em um objetivo no dia 29 de dezembro, por exemplo. Nada exatamente mágico vai acontecer na virada do ano, não? 

Ao invés de idealizar uma rotina recheada de afazeres, com linhas e mais linhas em uma lista infinita de hábitos que as pessoas consideram um padrão do que é ser saudável, vamos propor algo diferente: comece ainda hoje uma rotina que seja saudável para você. Vem ver como:

Separar um tempo para ouvir suas músicas prediletas

Música faz bem! Aproveite uns minutinhos na sua própria companhia para ouvir suas músicas favoritas e relaxe ao longo do dia. Alguns minutos de descompressão é importante para a nossa mente, viu?

Raspar a língua ao acordar

Antes de beber água e fazer qualquer coisa no dia, raspar a língua antes de escovar os dentes é um mini-hábito saudável, que colabora para a digestão e uma higiene bucal 100% completa, além de demorar mais ou menos 10 segundos. Perfeito para começar uma nova rotina e começar o dia!

Abastecer a garrafa de água para ficar firme na hidratação

Independentemente da estação do ano, hidratar-se é fundamental – e muito saudável. Beber água ao longo do dia e ter o xixi sempre clarinho é importante, viu? E também deve fazer parte de qualquer rotina, sempre.

Organizar a semana aos domingos

Anotar suas atividades principais e olhar como vai ser a sua semana de reuniões e dias de estudo é uma técnica maravilhosa para ajudar naquele sentimento de ansiedade. Quando anotamos nossas prioridades, temos a sensação de saber o que vai acontecer e instantaneamente começamos a nos preparar e organizar para dar conta das tarefas. Uma baita ajuda para o nosso cérebro não ter que lidar com o fator surpresa todos os dias!

Caminhar por 15 minutos

Sem coragem de começar um treino funcional? Sem problemas. Comece colocando uma meta pequena, de quinze minutos diários de caminhada por dia. Quando você menos esperar, vai ver que os quinze minutos ficaram fáceis e, logo, vai ter vontade de caminhar muito mais – e quem sabe, até de começar uma nova atividade física?

Comece ainda hoje – seu “eu” do futuro irá te agradecer

Para começar uma nova rotina, você não precisa fazer uma reviravolta no seu dia a dia. Aos poucos, você chega lá. Tenha paciência consigo mesma e lembre-se de ter carinho e respeito com o seu processo. Feito é sempre melhor que perfeito. E, com consistência e prazer pelos mini-hábitos saudáveis, você chega lá. Estamos aqui para te ajudar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.