compre holistix
k

O aumento das buscas por informações sobre drogas psicodélicas, devido aos avanços nas pesquisas acerca de suas funcionalidades, tem feito surgir muitos conteúdos interessantes por aí. De podcasts a reportagens, te ajudamos a ficar por dentro do assunto da vez

Se há cinco anos alguém te falasse que os cogumelos mágicos (aqueles que a turma toma inconsequentemente em festinhas) pode ser o vetor de uma grande revolução na medicina moderna, você acreditaria? Pois eles (e outras drogas psicodélicas) podem!

Ainda é muito cedo para cravar afirmações sobre o assunto que está passando por constantes e rápidas descobertas. Mas, por se tratar de um tema em voga, claro, ganhou notoriedade da mídia e acabou rendendo muito conteúdo cheio de ótimas informações e curiosidades. Por isso, reunimos aqui os melhores lugares para se informar sobre, com responsabilidade e segurança.  

Relatos Psicodélicos (podcast)

Em episódios divertidos e muito interessantes, Relatos Psicodélicos, no Spotify, narra relatos das mais diversas experiências com substâncias psicodélicas. Vale o play!

Precisamos falar sobre psicodélicos (podcast)

O primeiro episódio do programa Abrindo Caminhos, também no Spotify, convidou o neurocientista brasileiro Eduardo Schenberg, um dos maiores estudiosos de psicodélicos, para contar sobre sua história, efeitos, usos e previsões futuras sobre o tema, no Brasil e no mundo. Ele é fundador do Instituto Phaneros, que realiza pesquisas e estudos sobre o assunto. Uma verdadeira aula!

Instituto Phaneros

Falando nisso… O próprio site do Instituto Phaneros reúne estudos, pesquisas e até cursos para quem quer se aprofundar no assunto. 

Goop Lab, episódio 1 (série documental)

O uso prático de psicodélicos é o tema do primeiro episódio do Goop Lab, série documental criada pela plataforma Goop, da atriz e empresária Gwyneth Paltrow, exibido pela Netflix. Nele, a equipe testa uma terapia feita com cogumelos mágicos, o Psilocybe Cubensis, e também investiga terapias realizadas com outros tipos de drogas, como MDMA e LSD. 

Fantastic Fungi (documentário)

Para além do mundo dos psicodélicos, Fantastic Fungi, também disponível na Netflix, dá uma visão geral sobre o Reino Fungi. As nuances dos cogumelos psicodélicos, entretanto, aparecem inúmeras vezes. Interessantíssimo!

Nove Desconhecidos (série fictícia)

Imagine um retiro paradisíaco que recebe apenas nove hóspedes por temporada para tratar problemas diversos, como luto, transtornos de personalidade e depressão: esse é o primeiro plano dessa série da Netflix que tem dado o que falar. Sem muitos spoilers, em um dado momento, a história se encaminha para experiências intensas com psicodélicos mal administrados. Vale o entretenimento!

Greg News, Pare de sofrer (programa no YouTube)

De maneira bem didática e sempre bem humorada, Gregório Duvivier traz referências de pesquisas, fatos sobre remédios tarja preta e um olhar bastante vanguardista sobre o assunto neste episódio do Greg News.  

Psiconautas: Viagens com a ciência psicodélica brasileira (livro)

Fruto de uma extensa pesquisa, este livro de Marcelo Leite conta a história das principais drogas psicodélicas, desde sua descoberta no século 20 até o uso medicinal revolucionário, que vem sendo feito de cada uma delas atualmente. Mesclando relatos da sua própria experiência com várias dessas substâncias a perfis dos principais pesquisadores da área, Leite oferece um panorama completo do chamado renascimento psicodélico, desfaz mitos e aponta para conquistas científicas há pouco impensáveis, como tratamento para dependência química, depressão e síndrome do estresse pós-traumático.

Sobre microdosagem (reportagem)

Por ser um assunto bastante quente, reunimos nesta matéria experiências pessoais, opiniões de médicos, especialistas e de pessoas que cultivam psicodélicos.

A psiquiatria nunca mais será a mesma (reportagem)

Esta outra ótima reportagem do NY Times (em inglês) prevê o futuro da psiquiatria de acordo com os avanços nas pesquisas acerca das drogas psicodélicas – compostos que alteram a mente – e suas capacidades curativas.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.