compre holistix
k

Afina, saúde é muito mais que comida, né?

Você já reparou que, quando estamos estressadas, o nosso apetite se transforma? É nítido: os alimentos perdem alguns sabores e outros tomam conta da nossa boca a cada garfada. E sabe quando estamos na fase pré-menstrual e temos vontade de comer coisas bem específicas? Caso não, fica o alerta: você precisa escutar mais o que seu corpo está tentando te dizer.

Nosso organismo reage às variações e interferências da vida, e por isso precisamos lembrar, diariamente, que cuidar da nossa saúde é muito mais do que olhar minuciosamente os ingredientes que entram no seu prato. Na Holistix nós acreditamos que não existe só um jeito de ser saudável, existe o seu jeito de ser saudável. Mas se há algo em comum na vida de todas as pessoas saudáveis, acreditamos que é rotina. Abaixo, selecionamos cinco hábitos que podem te ajudar na busca de um estilo de vida que faça sentido pra você. Olha só:

Acordar cedo

Calma, nós não estamos falando sobre acordar antes do sol nascer! Sabemos que, especialmente durante os meses de confinamento, acordar tarde acaba sendo um refúgio para as horas que demoram a passar. Mas, começar o dia mais cedo tem muitos benefícios para a sua saúde. Olha só:

  1. Se conectar com os ciclos da natureza e seu relógio biológico, que segue o movimento do sol;
  2. Tomar um pouquinho de sol “do bem” (alô, vitamina D!);
  3. Ouvir passarinhos – até mesmo na cidade!
  4. Ter um tempo para si mesma antes de começar o dia de trabalho;
  5. Conseguir desconectar mais cedo e preparar o corpo para o descanso.

Exercício físico

Foi-se o tempo em que acreditávamos que fazer exercício físico era apenas um jeito de queimar mais calorias, né? Afinal, movimentar o corpo é uma das formas mais simples e eficazes para uma vida com mais bem-estar. Quando nos mexemos fisicamente, produzimos os chamados “hormônios da felicidade”, que nos ajudam a melhorar a autoestima, as funções cognitivas, diminuir estresse e, claro, garantem o bom funcionamento do nosso organismo. Mas ó: engana-se quem pensa que você precisa separar muitas horas do seu dia para dar o primeiro passo nessa caminhada. Começar com 15 minutos por dia já é o suficiente!

Olho nas telas

Sim, estamos todos exaustos de passar horas nas telas. Mas além disso, você sabia que essa exposição excessiva pode ter uma relação direta com a nossa saúde física? Especialmente com o nosso sono, além dos impactos claros à saúde mental. Isso porque, em sincronia com o fim do dia, a ausência de luz faz com que o nosso corpo comece a produzir melatonina, hormônio responsável por sinalizar o início da noite e sua duração. Ele faz com que nosso organismo desacelere e se prepare para dormir, recarregando as energias.

A exposição à chamada luz azul, emitida por dispositivos eletrônicos, por longos períodos, depois que já escureceu, é um dos aspectos que confunde nosso corpo, não só reduzindo a produção da melatonina, mas também mudando o rumo de funções básicas que naturalmente estariam ativas neste momento do dia. Isso quer dizer… insônia e noites com baixa qualidade de sono. Por isso, especialistas recomendam evitar essa exposição às telas por, pelo menos, 1 a 2 horas antes de dormir.

Saúde mental

É impossível falar de saúde física sem falar de saúde mental. Afinal, nossas emoções e sentimentos interferem diretamente na maneira como nosso organismo funciona. E, no cenário atual, em que estamos particularmente muito ansiosos, voltar a sua atenção para dentro e ouvir o corpo é essencial. Nós temos três dicas para esse momento:

  1. Se deixe levar: nossa mente tem a capacidade de viajar no tempo e isso não é sempre ruim. Planejar o futuro pode nos criar uma perspectiva e alimentar uma (necessária!) esperança por dias melhores. E relembrar o passado nos dá, no mínimo, uma certeza: você sobreviveu a 100% de seus dias difíceis.
  2. Bote os sentimentos para fora – mas não sempre: ok, é preciso processar emoções e deixá-las ir. Mas compartilhá-las com qualquer pessoa ou expressá-las em contextos que não ainda tem estrutura para recebê-las (como um ambiente formal de trabalho, por exemplo) pode ter o efeito oposto. Na dúvida, busque ajuda especializada ou converse com alguém que já passou por algo parecido.
  3. Precisamos digerir nossos sentimentos: sim, é importante se distanciar de questões doloridas para ganhar perspectiva. Olhar uma situação de cima pode te dar uma nova (e mais positiva) interpretação. Mas cuidado: sempre existe o risco de sermos dominadas pela procrastinação. Se você sente que está deixando o problema sempre pra depois, repense.


Raspar a língua

O nosso primeiro mini-hábito saudável do dia. Raspar a língua pela manhã é uma prática que herdamos da Ayurveda, ciência indiana milenar que admiramos muito. O motivo por trás do seu uso é que, quando dormimos, nosso corpo elimina naturalmente pela língua toxinas que acumulamos ao longo do tempo. Aquela camadinha branca, sabe? Que precisa ser retirada quando acordamos. Uma forcinha extra (e simples!) para o detox natural do nosso organismo e que ainda pode inspirar novos mini-hábitos saudáveis, já que acreditamos que um hábito puxa o outro. Sabe aquela coisa de arrumar a cama de manhã para começar bem o dia? É isso. Te garantimos: esse ritual é um caminho sem volta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.